10 curiosidade sobre os cílios

Guilherme Moreira Kappel
Em:  
Dicas e Práticas
13
de
February
de
2020
Escrito por
Guilherme Moreira Kappel

Que mulher não sonha com cílios longos, volumosos e bonitos? Mas a função dos cílios vai muito além de realçar os olhares. Saiba tudo sobre cílios em nossa matéria.

Os cílios realçam os olhares e garantem um belo contorno aos olhos, mas suas funções ultrapassam os assuntos de beleza e muitas vezes a vaidade pode colocar a saúde ocular em risco. Saiba tudo sobre os cílios:

1. Qual a sua função?

Os cílios fazem parte do mecanismo de defesa ocular. Sua função é proteger os olhos, servindo como uma importante barreira capaz de impedir que pequenas partículas, como poeira e microrganismos, atinjam nossos olhos. Além disto, eles também ajudam a reduzir a evaporação da lágrima, que pode levar ao ressecamento ocular.

Figura 1: Os cílios protegem os olhos. (Fonte: Pixabay)
Figura 1: Os cílios protegem os olhos. (Fonte: Pixabay)

Você sabia que quem perde os cílios ao fazer quimioterapia ou por alguma outra doença necessita usar óculos de sol ao transitar em ambientes abertos, para compensar a falta da proteção dos cílios.

2. Quando eles caem, nascem de novo?

Um cílio dura em torno de 3 a 5 meses. Desta forma é normal e natural que seus cílios caiam e sejam substituídos por outros. Em caso de arrancar um cílio um novo nascerá no local e isso poderá demorar de 2 a 4 semanas.

O surgimento de falhas, devido a queda excessiva dos cílios deve ser avaliada por um médico oftalmologista, pois isso pode indicar inflamação na pálpebra e outros problemas oculares.

3. Quantos cílios temos em cada olho?

A quantidade de cílios que temos na pálpebra superior e inferior é diferente. Na pálpebra superior temos em torno de 90 a 160 fios e na inferior 80 fios.

4. O que fazer quando um cílio cai dentro do olho?

Nunca coce! Quando um cílio cai e vai parar dentro do olho devemos lavá-lo com água ou soro fisiológico, caso você faça uso de algum colírio lubrificante ou lágrimas artificiais, pingue várias gotas e pisque. Isto fará o cílio sair de seus olhos.

5. Os cílios podem nascer errado?

Às vezes os cílios podem nascer errados, projetados para dentro dos olhos, esse problema é chamado Triquíase e deve ser avaliado por um oftalmologista.

A Triquíase pode causar inflamações oculares, mas também pode ser resultado de alguma doença ocular, como a Blefarite. Em orientais, ela às vezes decorre da posição da pálpebra e, em casos extremos, o oftalmologista pode indicar uma cirurgia no local a fim de reposicionar os cílios no sentido correto.

6. Cuidado com a máscara de cílios!

Remova a máscara de cílios antes de dormir, use um produto específico para a região dos olhos e faça movimentos suaves para evitar o arrancamento de fios e lesão nos olhos.

Figura 2: A máscara de cílios é pessoal e não deve ser usada se estiver vencida. (Fonte: Pixabay)
Figura 2: A máscara de cílios é pessoal e não deve ser usada se estiver vencida. (Fonte: Pixabay)

Não use máscara de cílios de outras pessoas, o rímel deve ser pessoal. Fique atento a data de validade do produto, se ele estiver vencido, descarte-o pois pode causar inflamações, irritações e alergias oculares.

7. Os cílios ficam brancos?

O surgimento de cílios brancos é chamado de Poliose. Ele pode ter diferentes fatores e deve ser avaliado por um médico oftalmologista.

8. Existem medicamentos para aumentar os cílios?

Se você pesquisar na internet vai encontrar várias receitas caseiras e diversos produtos a venda que prometem cílios longos e volumosos. Mas, não se engane, não coloque a sua saúde ocular em risco, não use nenhum produto sem antes consultar um médico oftalmologista.

9. Cílios postiços ou alongamento dos cílios fazem mal?

Existem vários procedimentos que garantem os tão sonhados cílios longos e volumosos. Não importa o nome do procedimento: cílios postiços, alongamento fio a fio, extensão de cílios, permanentes, entre outros; eles podem colocar a sua saúde ocular em risco.

Figura 3: Cílios postiços, alongamento fio a fio, extensão de cílios e outros procedimentos podem oferecer riscos a saúde ocular. (Fonte: Unsplash)
Figura 3: Cílios postiços, alongamento fio a fio, extensão de cílios e outros procedimentos podem oferecer riscos a saúde ocular. (Fonte: Unsplash)

Os cílios extras podem gerar um excesso de peso e provocar a queda de seus cílios naturais, além disto as colas e outros produtos utilizados nos procedimentos poderem gerar alergias, irritações ou inflamações oculares.

Se realmente você decidir fazer algum procedimento para ter cílios mais volumosos e longos, escolha um profissional qualificado que use produtos de qualidade.

10. Como limpar corretamente os cílios?

A limpeza dos cílios deve ser diária. Você pode fazê-la na hora do banho, com um shampoo neutro infantil para ajudar a remover a gordura que se acumula nos fios. Durante a limpeza esfregue suavemente os olhos, para evitar queda de cílios e lesões nas pálpebras.

SAIBA MAIS sobre higiene ocular em nossa matéria 8 dicas para não errar na hora da higiene dos olhos, onde o do Dr. Hugo Hito Ota explica a forma correta de fazê-la.

Lembre-se!

O cuidado com a saúde dos olhos deve ser algo diário, fique atento a qualquer mudança na sua visão e não deixe de visitar seu médico oftalmologista ao menos uma vez por ano.


Nos ajude a promover a saúde ocular, compartilhe nossa matérias nas redes sociais. A saúde de nossos olhos agradece!

Guilherme Moreira Kappel

Consulta e Exames Oftalmológicos. Tratamentos e Cirurgias Para Doenças Oculares. Oftalmologista em São Paulo. Especialista em Retina, Cirurgia de Retina e Vítreo, Edema Macular, Retinopatias, Degeneração Macular.

Recomendado para você