8 dicas para aplicar colírio

Guilherme Moreira Kappel
Em:  
Dicas e Práticas
29
de
January
de
2019
Escrito por
Guilherme Moreira Kappel

Colírios são remédios que tratam diferentes doenças oculares, como inflamações e infecções. Faça corretamente seu tratamento, veja passo a passo como aplicar o colírio em você ou em outra pessoa.

Os colírios são remédios líquidos que servem para tratar diferentes problemas nos olhos, que vão desde desconforto ocular, causado pelo ressecamento e alergia, a doenças mais graves como conjuntivites e outros tipos de infecções.

Os colírios, como qualquer outro medicamento, não devem ser usados sem acompanhamento de um médico. E, para que o tratamento seja eficaz é necessário usá-la de forma correta. Veja como aplicar o colírio, em você ou em outras pessoas, passo a passo:

1. Lavar bem as mãos

Lavar bem as mãos é a primeira ação que deve ser feita sempre que formos levá-las aos olhos. A mão leva sujeira e agentes que podem causar alergias e infecções aos nossos olhos. Lave-as bem com água corrente e sabão (Figura 1), ou álcool gel 70%.

Lavando a mão com sabonete - Lavar as mãos com água e sabão ou álcool 70%. (Fonte: Pixabay)
Figura 1. Lavar as mãos com água e sabão ou álcool 70%. (Fonte: Pixabay)

A região dos olhos também deve ser higienizada, afinal as pálpebras e os cílios protegem nossos olhos contra a poluição, o vento, microrganismos e outros fatores externos.

SAIBA MAIS sobre a limpeza dos olhos em nossa matéria 8 dicas para não errar na hora da higiene dos olhos, onde o Dr. Dr. Hugo Hiro Ota explica a forma correta de fazer a essa limpeza e produtos específicos a utilizar.

2. Retirar óculos, lentes de contato ou tampão ocular

Para pingar o colírio devemos retirar óculos, lentes de contato ou tampão ocular, caso utilize. Eles irão atrapalhar a ministrar o medicamento, no caso de lentes de contato, você só pode usar um colírio junto a ela se for um produto específico e indicado pelo seu médico oftalmologista.

3. Movimentar a cabeça para trás

Inclinar a cabeça para trás e olhar para cima, fixando o olhar em um ponto alto (Figura 2) irá facilitar a aplicação do colírio na pessoa que você for aplicar ou em você mesmo.

Setas em torno de uma Mabeça indicando o movimento - movimentar a cabeça para trás e olhar fixo para cima ajuda na aplicação da pomada oftálmica. (Fonte: Rede Olhos)
Figura 2. Movimentar a cabeça para trás e olhar fixo para cima ajuda na aplicação da pomada oftálmica. (Fonte: Rede Olhos)

4. Puxar a pálpebra para baixo

Usar a ponta dos dedos para puxar suavemente a pálpebra inferior para baixo, até formar uma bolsa, um espaço onde o colírio poderá ser aplicado. Seja cuidadoso! Os olhos são muito delicados.

5. Aplicar o colírio

Aplicar a quantidade necessária de colírio, sem deixar a ponta do frasco encostar nos olhos (Figura 3). Os colírios são produtos estéreis que podem sofrer contaminação se você deixar o frasco dele tocar os olhos.

Aplicando colírio em uma criança, frasco próximo ao olho mas sem encostar -  Aplicar o colírio sem deixar a ponta do frasco encostar nos olhos. (Fonte: Pixabay)
Figura 3. Aplicar o colírio sem deixar a ponta do frasco encostar nos olhos. (Fonte: Pixabay)

É importante também que seu colírio esteja dentro da data de validade e armazenado em local correto.

SAIBA MAIS sobre colírio em nossa matéria Colírio com 2 datas de validade?, onde o do Dr. Guilheme Kappel explica sobre as duas datas de validade do colírio, sua importância e local ideal para armazenar o medicamento.

6. Fechar os olhos

Fechar suavemente os olhos por 30 segundos, para auxiliar na absorção do colírio.

7. Utilizar apenas a quantidade prescrita

Utilizar o colírio (Figura 4) apenas na quantidade e número de vezes prescrito pelo seu médico oftalmologista.

Uma gora de colírio cainso do frasco - Colírios são remédios e seu uso necessita de acompanhamento médico. (Fonte: Pixabay)
Figura 4. Colírios são remédios e seu uso necessita de acompanhamento médico. (Fonte: Pixabay)
Você não precisa acordar no meio da noite para pingar um colírio, pode fazer isso ao acordar. Existem algumas exceções a essa regra, mas o seu médico te alertará quando for o caso.

Alerta o Dr. Guilherme Kappel.

8. Fazer intervalo entre medicamentos

Se você estiver usando outro medicamento, um colírio ou uma pomada oftálmica, deve-se fazer um intervalo de pelo menos 5 minutos entre a aplicação deles. E, o ideal que o primeiro remédio a ser aplicado seja o colírio.

Lembre-se!

O cuidado com a saúde dos olhos deve ser algo diário, fique atento a qualquer mudança na sua visão e não deixe de visitar seu médico oftalmologista ao menos uma vez por ano.

Nos ajude a promover a saúde ocular, compartilhe nossa matéria nas redes sociais. A saúde dos nossos olhos agradece!

Guilherme Moreira Kappel

Consulta e Exames Oftalmológicos. Tratamentos e Cirurgias Para Doenças Oculares. Oftalmologista em São Paulo. Especialista em Retina, Cirurgia de Retina e Vítreo, Edema Macular, Retinopatias, Degeneração Macular.

Recomendado para você