Moscas volantes - Você está vendo pontinhos pretos e mosquitinhos?

Guilherme Moreira Kappel
Em:  
Conheça sua Doença
20
de
June
de
2018
Escrito por
Guilherme Moreira Kappel

Moscas volantes podem ser um alerta para cuidar de sua saúde ocular. Saiba quais os problemas podem estar associados a elas e seu tratamento.

Sabe aquela sujeirinha, aqueles pontinhos pretos que parecem flutuar em sua visão? Eles são um problema oftalmológico frequente chamado moscas volantes.

As moscas volantes geralmente não estão relacionadas a um problema ocular sério, mas elas podem ser sintomas de graves problemas oculares que podem levar a perda de visão. Portanto é sempre importante avaliar sua causa para eliminar a possibilidade de uma patologia grave como infecções oculares e descolamento de retina.

alerta o médico
oftalmologista Dr. Guilherme Kappel.

Sintomas

As moscas volantes, geralmente, não trazem prejuízos para a visão, apenas a percepção de enxergar pequenos pontos escuros, manchas, filamentos ou círculos que parecem se movimentar em frente de nossa visão, Figura 1. Essa percepção ocorre principalmente em ambientes mais iluminados, durante uma leitura ou olhar fixo para o céu.

Figura 1. Esquema da percepção de Moscas Volantes. (Fonte: Rede Olhos)
Figura 1. Esquema da percepção de Moscas Volantes. (Fonte: Rede Olhos)

Quando você perceber moscas volantes, não adianta coçar, piscar os olhos forte, pois sua causa não esta na frente dos olhos e sim no fundo.  

Causa

As moscas volantes são resultado do processo natural de envelhecimento do nosso corpo. Elas ocorrem quando o vítreo (gel presente dentro da parte posterior do olho) se contrai e descola de algumas regiões da retina. Esse descolamento resulta em pontos opacos, sem transparência, que bloqueiam a luz e geram sombras na retina (parte do olho que se forma a imagem).

Atenção

O aparecimento de moscas volantes é mais comum em adultos com mais de 45 anos e em pessoas que possuem miopia. Ele também esta associado a alguns procedimentos como: cirurgia de catarata e tratamento a Laser YAG; e, a problemas oculares como: traumas e inflamações dentro do olho.

O aparecimento repentino e o aumento na quantidade e no tamanho de pontos pretos, acompanhados ou não de flashes e raios luminosos na periferia da visão, perda parcial de visão (semelhante a uma cortina se fechando) são sinais de alerta. E, pessoas com alta miopia ou submetidas a cirurgia de catarata e após laser YAG devem redobrar a atenção a esses sinais.

Sem o exame oftalmológico completo não é possível determinar se as moscas volantes são indícios de problemas graves. Por isso, mesmo que o paciente já tenha moscas volantes, qualquer aparecimento de uma nova mosca volante, ou alteração do padrão desta, ele deve procurar um médico oftalmologista.

explica a médica oftalmologista Dra. Carla Kawano.

Tratamento

O tratamento para moscas volantes varia de acordo com sua classificação, que só pode ser feita por um oftalmologista, em um exame oftalmológico completo:

Moscas volantes não associadas a problemas sérios

As moscas volantes, quando não causadas por sérios problemas oculares, tendem a diminuir com o passar do tempo e não necessitam de tratamento.

Moscas volantes associadas a problemas sérios

As moscas volantes, quando associadas a sérios problemas oculares, como rasgo na retina, devem ser tratadas o mais rápido possível com laser ou crioterapia. O tratamento pode ser realizado em um consultório oftalmológico, causa pouco desconforto e deve ser feito em carácter de urgência, para evitar o descolamento da retina, um problema oftalmológico muito sério que pode provocar a perda da visão.

Lembre-se!

O cuidado com a saúde dos olhos deve ser algo diário, fique atento a qualquer mudança na sua visão e não deixe de visitar seu médico oftalmologista ao menos uma vez por ano.

CONTRIBUIÇÃO: 

  • Dr. Guilherme Kappel | Oftalmologista | CRM-SP 110939 | CRM-RS 26869
  • Dra. Carla Kawano | Oftalmologista | CRM-SP 99506
Guilherme Moreira Kappel

Consulta e Exames Oftalmológicos. Tratamentos e Cirurgias Para Doenças Oculares. Oftalmologista em São Paulo. Especialista em Glaucoma, Retinopatia, Edema e Degeneração Macular.

Recomendado para você